domingo, 19 de agosto de 2018
86 98101 7855
Política

09/08/2018 ás 18h47

75

Redacao

Piracuruca / PI

Em Brasília, governador vai ao STF tratar dos bloqueios de recursos pela União
Segundo o governador, só o Piauí tem R$ 270 milhões para receber.
Em Brasília, governador vai ao STF tratar dos bloqueios de recursos pela União
cidade verde

O governador Wellington Dias se reuniu na tarde desta quinta-feira (9) com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, para tratar da liberação de recursos do Fundo de Participação dos Estados (FPE) que estariam retidos pela União. Segundo o governador, só o Piauí tem R$ 270 milhões para receber.


"Estamos fazendo visitas a todos os ministros em cima de duas pautas, uma delas é encontrar através dos líderes de todos os poderes e níveis de governo, uma saída para o Brasil. Nesse caso uma ação para desbloquear 14 bilhoes reais que pertencem aos estados e que a Uniao bloqueou. 270 milhões pertencem ao Estado. Nós queremos esse desbloqueio", disse o governador.


Wellington Dias lembrou ainda da partilha de recursos oriundos da DRU (Desvinculação de Receitas da União). A DRU permite o governo federal usar de forma livre um percentual de tributos vinculados por lei.


"No caso da DRU são 800 milhões por ano que o Piauí tem direito.  O ministro Lewandowski conhece a matéria e nós estamos buscando apoio", afirmou.


Finisa 1


O governador também se reuniu com a Caixa para tentar liberar a 2ª parcela do empréstimo Finisa 1. A primeira parte foi paga em agosto de 2017, no valor de R$ 307 milhões, dinheiro usado pelo Estado para pagamento de várias obras. Já a segunda parcela, no valor de R$ 300 milhões não foi liberada porque a Caixa alegou que estava analisando a prestação de contas referente à primeira parcela.


"Tivemos uma agenda com a caixa econômica onde tratamos da parcela do finisa 1 que é o priimeiro contrato. Aplicamos a primeira parcela e pedimos a liberaão da segunda", disse.


O dia do governador em Brasília ainda contou com reunião na sede do Banco Mundial com o diretor presidente Martin Raisser.


Yala Sena
[email protected]


FONTE: cidadeverde.com

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium