A Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF) vai auxiliar os agricultores do estado que necessitem recorrer à linha de crédito especial, medida inserida no pacote de ações econômicas do governo federal, oferecida para pequenos e médios agricultores, a fim de minimizar as dificuldades enfrentadas neste período da pandemia.

“O governo federal vai precisar do apoio de todos os Estados e levando em consideração as necessidades e peculiaridade dos agricultores familiares, estamos trabalhando para auxiliar na formulação e execução de medidas que levem soluções para agricultura familiar e, desta forma, tentar prevenir grandes  dificuldades para o setor”, afirmou a superintendente de Programas para Agricultura Familiar da SAF, Patrícia Vasconcelos.

A gestora ressalta que a agricultura tem demandas bem diversificadas, principalmente neste momento de pandemia, quando não estão acontecendo, por exemplo, as tradicionais feiras realizadas com apoio da SAF nos municípios, segundo ela, consolidadas como uma das principais formas de comercialização dos produtos oriundos da agricultura familiar.

Nessa linha especial de crédito, criada para agricultores familiares, tem o Pronaf Emergencial, com taxas de juros serão de 4,6% ao ano, com prazo para pagamento de três anos. O limite por produtores será de R$ 20 mil .

O secretário de Estado da Agricultura Familiar, Hérbert Buenos Aires, acrescenta que o Governo  do Piauí, por meio da Secretaria da Agricultura Familiar e do Emater, está tomando as devidas medidas de prevenção à pandemia, mantém os serviços, monitorando os acontecimentos, promovendo discussões, sugerindo e colocando em prática ações que  possam amenizar os efeitos da pandemia, garantindo condições para que a agricultura familiar continue produzindo alimentação saudável.

Linhas de Crédito

As medidas relacionadas às linhas de crédito foram aprovadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), e publicadas no dia 9 de abril de 2020. Por meio da resolução 4.801, as contratações ao amparo dessas linhas se estendem até o dia 30 de junho de 2020.

A medida garante que os agricultores familiares terão possibilidade de financiamento do Pronaf Emergencial para assegurar despesas emergenciais na propriedade para custeio da atividade, recompor sua estrutura produtiva, bem como a manutenção dos produtores e suas famílias, no momento atual.