728x90_9
Educação

Uespi recupera emenda de R$ 15 milhões para modernização e infraestrutura tecnológica

A articulação da administração superior junto a Bancada Federal do Piauí foi decisiva para reaver os valores que haviam sido contingenciados.

15/01/2020 22h31
Por: Redacao
Fonte: CCOM
102
A Uespi, em 2020, vai ganhar em projetos tecnológicos que irão facilitar as atividades de ensino, pesquisa e extensão
A Uespi, em 2020, vai ganhar em projetos tecnológicos que irão facilitar as atividades de ensino, pesquisa e extensão

O ano de 2020 começou com pontos positivos para a Universidade Estadual do Piauí (Uespi). O reitor em exercício, Evandro Alberto, assinou o convênio da emenda de bancada no valor de R$ 15,5 milhões. O recurso será utilizado para modernização tecnológica dos campi e centros, na capital e no interior.

 

A articulação da administração superior junto a Bancada Federal do Piauí, com a atuação do presidente da Comissão Mista de Orçamento, senador Marcelo Castro e do governador Wellington Dias, em Brasília, foi decisiva para reaver os valores que haviam sido contingenciados. O termo de referência já foi cadastrado no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e contempla aquisição de equipamentos de informática, tais como roteadores profissionais, data centers, impressoras, scanners e outros acessórios de inovação tecnológica e de comunicação.

 

Segundo o reitor em exercício, todas as unidades da universidade receberão equipamentos de modernização tecnológica e investimentos através da instalação de fibra ótica e conectividade.

Encontro da Administração Superior e o senador Marcelo Castro que discutiu sobre emendas para UESPI

Encontro da Administração Superior e o senador Marcelo Castro que discutiu sobre emendas para Uespi

Outra novidade será a aquisição do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas- do tipo SIGAA, nos moldes do utilizado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). As tratativas do convênio agora seguem para o processo de licitação e compra dos equipamentos e aquisição com instalação dos sistemas.

“Esse recurso tem como objetivo modernizar a Universidade Estadual do Piauí com avanços tecnológicos importantes e necessários ao funcionamento e desenvolvimento das ações educacionais e de serviços de comunicação por meio de sistemas integrados e de conectividade. Vamos dotar os campi, centros e núcleos de tecnologias e fazer a conectividade com internet de banda larga”, afirma.

Ele acrescenta que o objetivo é manter a Uespi atuante e com as melhores condições de infraestrutura e trabalho. “Esse é o desejo de todos nós que fazemos parte da Uespi. Eu e o professor Nouga Cardoso compreendemos a necessidade da modernização tecnológica para uma universidade tão grande como a que fazemos parte”, reitera o reitor em exercício.

A UESPI, em 2020, vai ganhar em projetos tecnológicos que irão facilitar as atividades de ensino, pesquisa e extensão

A Uespi, em 2020, vai ganhar em projetos tecnológicos que irão facilitar as atividades de ensino, pesquisa e extensão

Sobre a internet banda larga, o reitor em exercício explicou que  já está chegando nos campi da região Norte através do Programa Piauí Conectado e a previsão da Agência de Tecnologia da Informação do Estado do Piauí (ATI) é que até julho a internet banca larga chegue aos campus da região sul, especificamente a Floriano, Oeiras, São Raimundo Nonato e Picos. A outra parte será contemplada até dezembro de 2020, conforme a previsão da ATI.

Sistema SEI para movimentação mais rápida dos processos administrativos 

Além disso, desde o começo de janeiro, a instituição começou a operar o  Sistema Eletrônico de Informação (SEI), que torna os serviços administrativos mais céleres. A servidora Renata Teixeira, que já fez o curso online de 20 horas para ter acesso a todas as informações e procedimentos do novo sistema, pontuou que o curso traz todas as dicas para que os servidores possam usar o novo sistema sem maiores problemas.

“Antes a gente recebia os processos impressos e agora tudo vai ser pelo sistema online dando mais agilidade na tramitação dos documentos. Com o SEI, podemos acompanhar mais facilmente todos os passos do processo e isso é fundamental porque agora temos como mandar diretamente um caso para outros órgãos ligados ao governo e com o acompanhamento, saberemos onde o processo está localizado”, explicou a servidora.

Outras melhorias ligadas à instituição estão relacionadas com a regularização do abastecimento e manutenção dos transportes, assim como a proposta de elaboração de um novo calendário de pagamento para os bolsistas da Uespi, como o feito no final de 2019.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários