728x90_9
Documentação

Estado discute como tornar mais ágil a emissão de documentos de identidade

Demanda pelo serviço aumenta bastante durante os meses de férias.

14/01/2020 17h46
Por: Redacao
Fonte: CCOM
142

Os secretários de Administração e Previdência, Merlong Solano, e de Segurança, Fábio Abreu, se reuniram nesta terça-feira (14) para discutir soluções que garantam mais agilidade no atendimento à população que busca pelo serviço de emissão das carteiras de identidade, especialmente nos Espaços da Cidadania e Centros Integrados de Atendimento ao Cidadão (Ciacs). A reunião foi realizada na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

“Reunimos as equipes da Unidade de Modernização da Secretaria de Administração e Previdência (SeadPrev) e do Instituto de Identificação para avaliar como podemos atender à demanda por alguns serviços, dentre eles o de emissão de RG, que aumentou consideravelmente nesse período de férias”, pontuou o secretário.

O secretário de Segurança, Fábio Abreu, reconheceu a necessidade de incremento no quadro de pessoal capacitado para o serviço e se comprometeu a avaliar como a SSP pode solucionar a demanda. “Estamos fazendo um estudo do perfil do servidor que vai trabalhar na emissão das identidades e se podemos contar com o apoio de estagiários. Outro ponto que estamos analisando é a aquisição de equipamentos de informática e de insumos para produção das cédulas de identidade”, destacou Fábio Abreu.

Modernização

Também foi discutida a modernização do sistema de emissão de documentos. “A Secretaria de Administração está iniciando processo licitatório para adquirir equipamentos modernos, de captação de biometria. Vamos usar a tecnologia para evitar fraudes, coibindo, por exemplo, que uma mesma pessoa consiga tirar dois RGs diferentes”, frisou o secretário Merlong Solano.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários