728x90_9
Monitoramento

Piauí Conectado promove monitoramento de unidade prisionais em tempo real pela Secretaria de Justiça

Rede unificada de fibra óptica possibilita a visualização das rotinas das penitenciárias em qualquer lugar

30/11/2019 15h34
Por: Redacao
Fonte: CCOM
462

A SPE Piauí Conectado, empresa que fornece internet para os órgãos públicos do estado em modo de Parceria Público Privada (PPP), em parceria com a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), possibilita, a partir de agora, o acompanhamento das imagens das câmeras instaladas no sistema carcerário do estado de qualquer lugar, em tempo real. Antes, o sistema de monitoramento só era acessado no próprio local.

A implantação do Sistema de Monitoramento foi realizada nesta sexta-feira (29) e já está em funcionamento.

Segundo o diretor de Operações da SPE, Leonardo Chagas, as imagens podem ser visualizadas de qualquer local que possua a rede da Piauí Conectado. “As câmeras dentro das unidades já existiam, mas só podiam ser visualizadas no próprio local. Com a nossa internet essa visualização pode ser feita em qualquer ponto da rede, inclusive na Secretaria. Com essa rede unificada é possível que a Sejus visualize em tempo real qualquer ponto dentro de qualquer penitenciária”, explicou.

A novidade só foi possível por conta da tecnologia de internet disponibilizada pela empresa, que interliga todo o estado em uma única rede. “Antes não era possível porque a internet era ruim, não estava ligada a uma rede intranet do estado, havia uma série de dificuldades. Agora, com a rede habilitada, com todos conectados na mesma rede, é possível fazer visualizações em tempo real de qualquer ponto”, explicou Leonardo Chagas.

O secretário de Justiça do Estado, Carlos Edilson de Sousa, comentou da importância dessa parceria. “Subimos mais um degrau na gestão da Secretaria de Justiça. Através da parceria com o Programa Piauí Conectado, poderemos acompanhar, em tempo real e durante 24 horas, as rotinas carcerárias do nosso sistema prisional. Com o advento tecnológico, aumentaremos a presença do estado nas unidades penais, possibilitando traçar ações estratégicas para continuar evoluindo”, avaliou.

A SPE Piauí Conectado deve interligar todo o estado por meio de uma conexão de internet de fibra óptica com velocidade de 30 Mbps, em órgãos públicos estaduais e redes de livre acesso para a população. Serão 98 municípios contemplados, beneficiando 85% dos piauienses.

Atualmente, a empresa já está em 16 cidades do Piauí, contemplando órgãos e escolas públicas. O plano é que até 2021 todas as cidades do projeto já estejam com pontos ativos de internet da Piauí Conectado.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários