Fox Trader X
Anuncio
Hanseniase

Governo lança campanha do Dia Estadual de Luta Contra a Hanseníase

A campanha chama atenção para a prevenção, tratamento e o fim do preconceito

12/09/2019 16h44
Por: Redacao
Fonte: CCOM
296
 (Pedro Falcão)
(Pedro Falcão)

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), lançou, na manhã desta quinta-feira (12), a campanha do Dia Estadual da Luta contra a Hanseníase, em cerimônia no Palácio de Karnak. O objetivo é conscientizar a população sobre a necessidade dos cuidados com a doença e o enfrentamento ao preconceito que muitas ainda atinge a parcela da população afetada pela doença.

 

Estiveram presentes no evento, o governador Wellington Dias; o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto entre outras autoridades e representantes de grupos que lidam diretamente com a doença. Em média, o Piauí notifica 1.000 novos casos da doença todos os anos.

 

O secretário Florentino Neto apontou que um dos focos da campanha é preparar toda a rede de Saúde do estado para dar atenção, identificar e acompanhar os casos de hanseníase no Piauí. “Queremos sensibilizar a sociedade no sentido da prevenção, mas também dando atenção especial nos momentos do tratamento. Temos que mostrar que a Hanseníase tem cura e que não é preciso haver preconceito”, falou o gestor.

 

O governador Wellington Dias disse que é preciso trabalhar para reverter a realidade que hoje é registrada dentro do Piauí. Ele apontou ainda que existem alguns passos principais a serem feitos no combate à doença. “O primeiro é completar a rede de saúde do estado, nessa linha de formação, para que em regiões diferentes do Piauí tenham condições de um atendimento e tratamento mais próximo de onde as pessoas morem. O segundo ponto é ajudar, através de lei e programas, filhos de pessoas com hanseníase que, no passado, foram separados de forma brusca de suas famílias”, explicou.

 

O governador anunciou ainda que a Sesapi vai organizar uma equipe para executar procedimentos cirúrgicos no próprio estado para as pessoas que tenham a doença. “Por último, temos o compromisso com a equipe da Sesapi para que possamos dar a condição, em uma das nossas unidades, para termos uma equipe que possa realizar cirurgias necessárias para quem tiver a doença, sem que esta pessoa precise ir a outro estado em busca do procedimento”, destacou o governador.

 

Autoria: Ascom Sesapi

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários