Fox Trader X
Anuncio
Economia

Tarifa de energia mais barata para as famílias de baixa renda piauienses

Confira o ranking dos 10 municípios piauienses com o maior número de famílias que podem ter a conta mais barata:

10/09/2019 12h45
Por: Redacao
Fonte: Equatorial Energia
768
Reprodução
Reprodução

Buscando prioridade no atendimento de famílias de baixa renda piauienses, a Equatorial no Piauí, têm ampliado as ações para aumentar o número de cadastros de pessoas no benefício criado pelo Governo Federal denominado Tarifa Social de Energia Elétrica, específico para famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa de cada casa, podendo chegar a um desconto de até 65 % no total da fatura de energia elétrica.

A Equatorial Piauí, identificou que mais de 277 mil famílias atendem a todos os critérios exigidos pelo programa, mas ainda não recebem o benefício por não ter realizado cadastro junto a empresa, ou até mesmo por não ter atualizado o seu cadastro junto aos CRAS – Centros de Referência e Assistência Sociais.

Das cidades piauienses que possuem maior número potencial para cadastros na Tarifa Social estão: Teresina  (45.494), Parnaíba (8.498), Picos (7.164), Barras (4.797), Pedro II (4.735) e Piripiri (4.689). Esse recorte representa e revela famílias que preenchem os critérios necessários, ou porque que não estão com cadastro realizado, ou porque não conhecem o programa, sem ter a chance de garantir uma conta de energia mais barata.

Confira o ranking dos 10 municípios piauienses com o maior número de famílias que podem ter a conta mais barata:

Município

Potencial

Teresina

45.494

Parnaíba

8.498

Picos

7.164

Barras

4.797

Pedro II

4.735

Piripiri

4.689

Floriano

4.247

Campo Maior

4032

Oeiras

3.760

União

3.686

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários