Fox Trader X
Anuncio
Bolsa Familia

Bolsa Família começa a repassar R$ 2,6 bilhões para beneficiários nesta segunda-feira (19)

O valor será destinado a mais de 13,8 milhões de famílias inscritas no Cadastro Único do governo federal. Além de oferecer complemento de renda, o programa reforça o acesso à educação, à saúde e à assistência socialB

19/08/2019 18h31
Por: Redacao
Fonte: MC
636
Reprodução
Reprodução

Mais de 13,8 milhões de famílias começam a receber o benefício do Bolsa Família referente ao mês de agosto nesta segunda-feira (19). No total, mais de R$ 2,6 bilhões estão sendo transferidos para famílias pobres e extremamente pobres em todo o país – e segue até o próximo dia 30. O valor médio pago é de R$ 188,63.

Podem receber o benefício famílias inscritas no Cadastro Único com uma renda mensal, por pessoa, de até R$ 89; ou de até R$ 178, no caso de núcleos familiares com crianças ou adolescentes de até 17 anos.

As famílias mantêm um compromisso nas áreas de educação e saúde para receber o benefício. Por exemplo, crianças e adolescentes de seis a 17 anos devem estar matriculados na escola, com frequência comprovada. Já na atenção à saúde, crianças menores de sete anos precisam tomar as vacinas recomendadas.

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, ressalta a importância do programa para a diminuição da desigualdade no Brasil. “A única maneira de combater a pobreza, de melhorar a qualidade de vida da população é favorecer um desenvolvimento humano adequado em que as pessoas possam se realizar na sua plenitude”, afirmou o ministro.

Como em todos os meses, o repasse é realizado de acordo com o Número de Inscrição Social (NIS) impresso no cartão. Aqueles que terminam com final 1 podem sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia e assim por diante. Os recursos ficam disponíveis para saque por um período de três meses.

Saiba mais
O Programa Bolsa Família, previsto em lei (Lei Federal nº 10.836, de 9 de janeiro de 2004), conta com três eixos principais. Além do Complemento da renda, o programa se baseia na Articulação com outras ações, ou seja, participar do Bolsa Família possibilita o acesso dos beneficiários a outras políticas públicas, como é o caso do Programa Criança Feliz e do Plano Progredir. O outro tripé do programa é o Acesso a direitos, que têm como objetivo reforçar o acesso à educação, à saúde e à assistência social. Esse eixo oferece condições para as futuras gerações quebrarem o ciclo da pobreza, graças a melhores oportunidades de inclusão social.

 

3 300x250

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários