Anuncio
Saúde

HGV reduz indicadores e investe em segurança do paciente

Indicadores de infecção foram reduzidos em 50% no hospital.

13/08/2019 15h27Atualizado há 4 meses
Por: Redacao
Fonte: CCOM
279
 (Ascom HGV)
(Ascom HGV)

O Hospital Getúlio Vargas (HGV) conseguiu reduzir em 50% as Infecções Primárias de Corrente Sanguínea Laboratorial (IPCLS), Pneumonia Associada à Ventilação Mecânica (PAV), e a Infecção de Trato Urinário (ITU) nas UTIs. Os indicadores foram apresentados durante Encontro do Projeto Melhorando a Segurança do Paciente em Larga Escala, em São Paulo-SP, no último fim de semana. O HGV participa do projeto, que investe em treinamento e capacitação da equipe, com mais 24 hospitais do país.

 

Para o diretor-geral do HGV, Gilberto Albuquerque, a tendência mundial hoje é focar na segurança do paciente. “O paciente tem que entrar num hospital e não receber nenhuma conduta ou tratamento que não seja necessário para ele, isso requer muito treinamento e o HGV por ser um hospital de grande porte e alta complexidade, requer ainda mais que os profissionais estejam aptos e treinados”, explica o diretor.

 

Gilberto Albuquerque diz ainda que um dos maiores problemas  que os hospitais públicos, no país, vêm enfrentando é a falta de apoio da gestão nas ações que envolvem a qualidade da assistência e a segurança do paciente. “Isso, no HGV, não tem problema, eu faço é estimular. O HGV sai na frente da grande maioria dos hospitais, por ter uma gestão que já tem conhecimento sobre o assunto e estimula o treinamento e a qualificação profissional”, destaca o gestor.

 

Além do diretor-geral, também participaram do treinamento,  a coordenadora do Núcleo de Segurança do Paciente, Nirvania Carvalho; a fisioterapeuta Goretti Raulino; e a enfermeira Lúcia Mesquita.

 

Autoria: Fátima Oliveira

 

 

Artes3

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários