Copy Code
Anuncio
Policia

Prédio das Delegacias Especializadas está condenado, revela perícias

Os laudos foram feitos por técnicos do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí (CREA), Vigilância Sanitária Estadual (DIVISA), Corpo de Bombeiros e Ministério Público Estadual.

25/06/2019 15h01
Por: Redacao
110
Reprodução
Reprodução

Vistorias realizadas no prédio do Complexo das Delegacias Especializadas, na rua 24 de Janeiro, Centro de Teresina, constataram riscos de vida e saúde, condenando o local.

Os laudos foram feitos por técnicos do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí (CREA), Vigilância Sanitária Estadual (DIVISA), Corpo de Bombeiros e Ministério Público Estadual.

A inspeção flagrou precária situação estrutural como infiltrações, problemas elétricos, sanitárias e áreas insalubres. No prédio funcionam as Delegacias do Idoso, da Mulher (Centro), do Trânsito e dos Direitos Humanos.

"A situação coloca em risco a vida do público que procura os serviços, bem como o dos agentes que trabalham no local. Há fiações expostas como a parte elétrica que não suporta equipamentos ligados como computadores e impressoras e a situação se agravou com as fortes chuvas dos últimos meses", disse a promotora Luana Azerêdo, coordenadora do Grupo de Atuação Especial de Controle Externo da Atividade Policial (GACEP).

Outra situação de desrespeito é a falta de acessibilidade. Luana Azerêdo aponta como risco à saúde a presença de pombos, além da falta de equipamentos de segurança.

"Não existe saída de emergência e o instintor de incêndio estava vencido", disse a promotora.

Ultimato à Secretaria de Segurança

Hoje vence o prazo para que a Secretaria de Segurança Pública apresente um cronograma com datas de transferência das delegacias. 

"Não há risco de desabamento, mas existe risco de vida e saúde. Aqui não pode mais funcionar", disse Luana Azerêdo.

O delegado geral, Luccy Keiko, informou ao Cidadeverde.com que as delegacias serão transferidas para o antigo prédio do Plamta, no bairro Marquês.

Ele disse que a data de transferência depende do setor de engenharia, mas que a Secretaria de Segurança estava ciente da urgência da obra.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários