Anuncio
Parceria

Piauí adere a programa de busca ativa escolar do Unicef

Uma equipe da Seduc tomará as medidas necessárias para a matrícula, permanência e aprendizagem.

04/06/2019 16h44
Por: Redacao
Fonte: CCOM
71

A iniciativa Busca Ativa Escolar, uma solução tecnológica de metodologia inovadora criada pelo Fundo das Nações Unidas (Unicef) e parceiros, visa apoiar o poder público na identificação das crianças e dos adolescentes que estão fora da escola, ajudando-os a voltar às salas de aula, permanecer e aprender. Na manhã desta terça-feira (4), foi a vez do Estado do Piauí aderir à iniciativa reforçando o trabalho realizado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc).  

O programa tem como parceiros a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e agora o Governo do Piauí, após compromisso firmado pelo governador Wellington Dias.

“O Piauí é parceiro de longa data do organismo internacional, a exemplo do Selo Unicef. Acabamos de celebrar uma adesão do estado à plataforma de busca ativa de alunos para a escola, identificando e trazendo os alunos que chegaram na idade e ainda não estão matriculados. Pretendemos integrar municípios, Estado, a União e setor privado para alcançar um melhor resultado, com o objetivo de reunir as pessoas que ficam fora da escola, ou que até se matriculam, mas evadem, a fim de melhorar os índices da educação, para dar ainda mais qualidade de vida dos piauienses”, afirma o governador.

O Unicef e seus parceiros aproveitam os recentes avanços tecnológicos para conectar os gestores de diferentes setores públicos (Educação, Saúde, Assistência Social, entre outros), que são encorajados a criar equipes intersetoriais para analisar as causas da exclusão, encontrar soluções para superar cada uma dessas barreiras e, por fim, reintegrar essa criança ou esse adolescente à escola, garantindo a permanência e a aprendizagem.

Florence Bauer, representante da Unicef Brasil, destaca as parcerias com o Piauí nas áreas da educação, saúde e proteção, além da nova empreitada. “O Piauí já avançou muito na redução do abandono escolar, mas ainda tem uma questão das crianças e adolescentes dos ensinos fundamental e médio que estão fora da escola. A plataforma é uma ferramenta que permite ir atrás de cada menino e menina e ajudar a voltar. Em paralelo, haverá um trabalho de incremento na qualidade do ensino”, completa a representante.

A Busca Ativa Escolar permite que as pessoas enviem informações sobre crianças e adolescentes fora da escola pela internet, por meio de aplicativo ou por SMS. Uma equipe da Seduc tomará as medidas necessárias para a matrícula, permanência e aprendizagem.

O secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, destaca a importância da assinatura do termo de compromisso entre o Governo do Estado e o Unicef para a busca ativa de crianças e adolescentes fora da escola. “É preciso enxergar a educação como uma política de estado unindo todas as redes, estadual, municipal e federal, pois o estudante é do Piauí e a política tem que ser para todos eles. Temos diversos momentos com risco de perda desse aluno, sendo importante ter a busca ativa para manter e trazer os estudantes, cumprindo com a educação na idade certa. Então, vemos na estratégia de busca ativa um importante passo para dar acesso à educação a quem está fora do sistema”, finaliza o secretário.

Saiba mais e veja como participar em http://buscaativaescolar.org.br

Autoria: Ascom Seduc
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários