Anuncio
Julgamento

PM acusado de homicídio em Piracuruca vai a júri popular

Segundo MP, o caso só ocorre na Justiça Militar quando envolve PM, no caso a vítima era um civil. Até agora não há data para o júri popular que será realizado na cidade de Piracuruca.

23/05/2019 16h42
Por: Redacao
Fonte: cidadeverde.com
3.255

Será julgado pela justiça comum o policial militar suspeito de envolvimento na morte de um civil um dia após o segundo turno das Eleições 2018 em Piracuruca. Durante uma abordagem policial o policial Tertuliano Luís de Carvalho teria disparado um tiro na cabeça de Rodrigo Magalhães de Brito.

O caso corria na justiça militar quando no início deste mês de maio o juiz Valdemir Ferreira Santos, da Central de Inquéritos de Teresina, decidiu pela retirada do caso da Justiça Militar para a Justiça comum.

O confronto com a PM teria acorrido após áudios no aplicativo Whatsapp, atribuídos à vítima, ameaçarem um policial militar. Um vídeo gravado na noite anterior a morte foi postado nas redes sociais e mostrava Rodrigo em uma suposta comemoração pela vitória do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), exibindo uma arma de dentro do carro em que estava.

Segundo MP, o caso só ocorre na Justiça Militar quando envolve PM, no caso a vítima era um civil. Até agora não há data para o júri popular que será realizado na cidade de Piracuruca. 

Valmir Macêdo (com informações de Clebson Lustosa)
[email protected]

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários