ESTADO DO PIAUI
Saúde Animal
Quartel-general será implantado para operações de combate à peste suína
Já foram confirmados dois focos da doença em território piauiense.
16/04/2019 12h19
Por: Redacao
Fonte: CCOM
81
Reprodução
Reprodução

O governador Wellington Dias reuniu-se, nesta terça-feira (16), no Palácio de Karnak, com representantes da Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi) e do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa). No encontro, trataram sobre a implantação de um quartel-general para realização de operações para combater os focos da peste suína clássica no Piauí.

 

No sábado (13), foi confirmado o segundo foco de peste suína clássica (PSC) em território piauiense. A doença foi identificada em outra propriedade no município de Lagoa do Piauí, próximo ao local onde o primeiro foco havia sido encontrado.

 

“Todas as medidas já foram adotadas e a Adapi está fiscalizando outras propriedades, inclusive em outros municípios. Onde há suspeita, os técnicos se deslocam imediatamente para coletar os exames. Pedimos aos produtores para que possam colaborar, pois estamos indenizando-os pelos suínos que são abatidos e teremos que prosseguir para evitar a propagação da peste”, atentou o presidente da Adapi, Bernildo Val.

 

De acordo com o gerente de Defesa Sanitária Animal da Adapi, Idílio Moura, passa a ser proibido o trânsito de suínos dentro e fora do estado. “Estarão liberados apenas estabelecimentos de abate com serviço de inspeção oficial. Também está proibida a realização de eventos com aglomeração de suínos, como feiras e exposições”, afirmou Moura.

 

Segundo Wellington, o Piauí trabalha para que o estado seja área livre da peste suína. “Vamos tratar com o Ministério da Agricultura para que possamos atuar de forma conjunta. Eles têm um plano nacional e queremos estar integrados a ele. Já conversei com os governadores do nordeste e apresentei uma proposta para que as agências de vigilância possam se reunir até o início de maio. No dia 23 teremos um encontro em Recife com o objetivo de tomar uma decisão para ações integradas. Também foi aprovado um projeto no Senado que cria um fundo para emergências na área sanitária, mas o objetivo final é que o nordeste se torne área livre da doença”, disse o governador.

 

Peste suína clássica

 

A peste suína é uma doença clássica contagiosa, mas que não afeta o ser humano. O consumo está liberado, contanto que seja proveniente de um estabelecimento com serviço de inspeção. Os principais sinais clínicos da PSC são mortalidade elevada, principalmente em suínos jovens, febre alta, conjuntivite, manchas pelo corpo, vômito e diarreia.

 

O produtor que encontrar qualquer manifestação dos sintomas nos seus rebanhos deve comunicar imediatamente à Adapi para que possa ser realizada a investigação epidemiológica.

 

Autoria: Lorenna Costa e Aline Medeiros

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários