ESTADO DO PIAUI
Administração

Deputados aprovam urgência na votação da reforma administrativa

Os deputados querem pressa na votação e aprovaram pedido de urgência para que a votação possa ser mais célere.

12/03/2019 16h44Atualizado há 2 meses
Por: Redacao
Fonte: cidadeverde.com
125
Foto: Arquivo Cidadeverde.com
Foto: Arquivo Cidadeverde.com

A proposta de reforma administrativa do Estado foi retirada da pauta da Comissão de Constituição e Justiça do Piauí. Os deputados querem pressa na votação e aprovaram pedido de urgência para que a votação possa ser mais célere.

Ao encaminhar a proposta para a Casa, o governo não pediu urgência. Mas os deputados têm pressa para que a matéria seja votada. O governador só irá montar o novo secretariado após a aprovação da reforma.

 

Os partidos querem uma definição sobre a divisão dos cargos. O secretário de Administração, Ricardo Pontes, diz que o governo espera consenso na Casa.

 

"Estamos conversando com os deputados para esclarecer as dúvidas. Há o consenso da necessidade de  aprovação dessas medidas. Hoje mesmo devemos apresentar no plenário o pedido de urgência para tramitação da matéria. Até o final de março teremos a aprovação", destacou.

 

Com a urgência, as reuniões irão ocorrer de forma conjunta dando mais celeridade. A reforma deve ser votada ate o final de março.

 

"Os próprios parlamentares vão apresentar o pedido de urgência. Isso facilita o trâmite. Quando tem a urgência e emergência você pode realizar as reuniões conjuntas. Isso facilita e agiliza o andamento ", afirmou Pontes.

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

f4ebe3c7402ea178628ac1b72ab7ee5d

"Discutimos com eles e insistimos na manutenção da proposta de extinção. A lei não extingue de imediato, mas autoriza a extinção. Esse tempo estamos trabalhando e negociando", destacou o secretário.

O governo já anunciou alguma mudanças. A coordenadoria da Mulher que irá perder a autonomia, voltou a ser subordinada ao Karnak.

"Essa foi uma ótima notícia. É uma reivindicação da oposição. Ficamos felizes que o governo atendeu", disse a deputada Teresa Britto.

A oposição quer agora que o governo volte atrás na extinção da Fundação Cepro. "É muito antiga e importante para o Estado. Acreditamos que o governo vai reavaliar", destacou.

Outro ponto de desacordo diz respeito a à extinção da Fundação Hospitalar. O MDB insiste na manutenção do órgão.

 

Lídia Brito
[email protected]

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Piracuruca - PI
Atualizado às 00h10
22°
Muitas nuvens Máxima: 32° - Mínima: 20°
22°

Sensação

7.4 km/h

Vento

91.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
BANER BRITA RAMOS
ContPlan Contabilidade, Planejamento e Assessoria
Pró Esporte
Banner ao lado dos blogs
ContPlan Contabilidade, Planejamento e Assessoria
Municípios
Banner sessão política
Últimas notícias
droga farma promo
FARMA
Mais lidas
Cerâmica
encanto dos Ipês, piloto, pizza, limpadora