Sábado, 18 de Setembro de 2021
26°

Poucas nuvens

Piracuruca - PI

Geral Pará

Mesa-tenistas apoiadas pela Seel conquistam 2 medalhas de bronze na Copa no Rio de Janeiro

Atletas de tênis de mesa, Francis Layla Pamplona e Glauciane Caldas Mendes retornam ao Pará com o bronze. O evento esportivo reuniu mil competidores.

26/07/2021 às 16h15
Por: Redacao Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará

As atletas de tênis de mesa Francis Layla Pamplona e Glauciane Caldas Mendes retornam ao Pará com uma medalha de bronze cada, conquistadas no TMB Platinum - Ciclo I, a Copa Brasil da modalidade, que faz parte do calendário da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), encerrada neste domingo (25), na Arena Carioca 3, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, na cidade do Rio de Janeiro, com mil competidores. Para a participação no evento, as medalhistas contaram com o apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel).

"Conseguir estar num pódio onde o nível era altíssimo é muito satisfatório. Na minha categoria estavam inscritas 25 competidoras e fui a terceira melhor delas, por isso, agradeço a Seel pelo importante apoio”, contou Francis Layla, terceira colocada na categoria Absoluto C.

O próximo desafio da atleta de tênis de mesa será competir no TMB PLUS, evento interestadual que também será realizado no Rio de Janeiro, em agosto.

Outros mesa-tenistas também foram apoiados pela secretaria, porém não obtiveram colocação para pódio: Gláucia Medeiros, André Ruivo, Pablo Bahia, João Sousa, João Victor Marques e Victor Lourenço.

“Esse recurso, oriundo da Lei Pelé, para o apoio ao atleta, é grande relevância para auxiliar nas participações em eventos esportivos como o TMB Platinun, no Rio de Janeiro, no qual tivemos duas medalhistas de bronze”, ressalta a diretora financeira da Seel, Iolene Freitas.

Para Glauciane Mendes,  3° lugar na categoria Lady, o objetivo é avançar nas posições em eventos futuros. “Foi uma competição com um nível muito alto, onde eu consegui fazer bons jogos. Fiz três jogos na fase de grupo e consegui me classificar para a semifinal, ficando com o terceiro lugar e a medalha de bronze. Meu próximo desafio será competir no Campeonato Brasileiro que será em dezembro, e vou treinar para melhorar a minha colocação”, disse a atleta que é contemplada do Bolsa Talento, gerenciado pela Seel.

O Programa Bolsa Talento foi criado pela Lei 7.119, de 31 de março de 2008 pelo Governo do Pará e subsidia financeiramente 94 atletas de diversas modalidades, entre as quais o tênis de mesa. 

*Texto de Paula Portilho (Ascom / Seel).

Por Governo do Pará (SECOM)
Ele1 - Criar site de notícias