Quinta, 13 de dezembro de 2018
86 98101 7855
Cidades

04/12/2018 ás 15h39

157

Redacao

Piracuruca / PI

BR-343 tem via interditada e DNIT diz que alertou o Estado
Um trecho de 9 km na BR - 343, na saída de Teresina para o Litoral, foi interditado após o asfalto voltar a ceder. É o mesmo local onde ainda no ano passado, o asfalto rompeu causando transtornos para os motoristas.
BR-343 tem via interditada e DNIT diz que alertou o Estado
Foto:CatarinaMalheiros/CidadeVerde.com

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informa que o trânsito segue lento no local. A área foi sinalizada, comprometendo metade da via para evitar riscos de acidentes. A informação é que o asfalto continua cedendo. Na semana passada, a PRF já havia entregue ao Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) um relatório, que informava sobre o perigo na área.

O documento alertava sobre a necessidade da realização da obra de drenagem para evitar o rompimento do asfalto. Toda a faixa de 9 km que rompeu é de responsabilidade do Departamento Estadual Rodagem do Piauí (DER), desde 2012, quando foram iniciadas as obras de duplicação. 

O inspetor Barros Filho da PRF afirma que a faixa continuará interditada até as autoridades responsáveis apresentarem um diagnóstico mais preciso sobre a situação. 

"A situação é recorrente. A PRF já alertou as autoridades com relação a iminência das chuvas e do rompimento. Devido a chuva forte se concretizou esse alerta da PRF e o acostamento já cedeu um pouco. Por questão de segurança a PRF resolveu interditar uma das faixas até que as autoridades venham e apresentem um diagnostico mais preciso da situação" afirmou.

A interdição do trânsito deve continuar nos próximos dias devido a previsão de mais chuvas na região. A recomendação da PRF é que o motorista que  estiver saindo de Teresina, no período de chuva, faça o desvio pela estrada da Usina Santana por meio do Rodoanel para ter acesso a BR - 343 depois do posto da PRF. 

Foto:RobertaAline/CidadeVerde.com

O superintendente do DNIT no Piauí, Ribamar Bastos, afirma que o DNIT alertou o governo. Segundo ele, a obra de drenagem deve ser realizada pelo governo. 

" O relatório da PRF diz respeito a locais onde podem ocorrer acidentes. O relatório da situação da rodovia é com o DNIT. Temos técnicos percorrendo as rodovias e identificando pontos que precisam de correção. Na BR-343 localizamos três pontos preocupantes. Inclusive, um na saída de Altos já foi corrigido pelo DNIT. Em dois outros, na saída de Teresina para Altos, que está sob responsabilidade do Governo do Estado por meio do DER, existem ainda os problemas. É uma convênio ainda de 2012 onde o DER tem a obrigação de duplicar os 9 km na BR 343 e 8,6 km da BR 316 na saída para Dermeval Lobão. Hoje já aconteceu problemas neste trecho da BR 343. Não foi por falta de avisos. Já estamos há uma ano oficiando o DER para tomar providência com reuniões sucessivas. A obrigação e responsabilidade é do DER", declarou.

Lídia Brito
[email protected]

 

FONTE: cidadeverde.com

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium